O que você não espera encontrar embaixo de uma ponte.

21.08.2017

E se eu te falar que embaixo desta ponte tem teatro? E se eu te falar que embaixo desta ponte tem música, contação de histórias, exibição de filmes, oficinas, bate-papos, saraus literários e muito mais? E se eu te falar que esta ponte tem estrutura de iluminação profissional, excelente acústica, capacidade para 200 pessoas e já recebeu, ao longo de sua história, mais de 300 atividades culturais do Brasil, Argentina, Espanha e Canadá? E se eu te contar que até o Arnaldo Antunes e o Luis Fernando Verissimo já se apresentaram nesta ponte, você acreditaria?

 

Claro, não estamos falando de qualquer ponte. Estamos falando de uma ponte única no Brasil e no mundo. De pessoas e instituições que sonharam e colocaram em prática um projeto que é exemplo de ressignificação de espaço por meio da arte e da cultura. Estamos falando do Espaço Cultural Moysés Boni, localizado embaixo da ponte Curt Hering, no centro de Santa Catarina. Rio do Sul é uma cidade com cerca de 70 mil habitantes, mas nem por ser pequena deixa de ser inovadora. Qual a utilidade de uma ponte, se não conectar? E é neste lugar, conhecido como Teatro Embaixo da Ponte, que pessoas de todas as idades e bagagens culturais se encontram e se conectam às outras pessoas, às artes, ao mundo e com elas mesmas.

 

 

O espaço é um dos principais locais para apresentações artísticas na região, já que nem Rio do Sul, nem os municípios de seu entorno abrigam um teatro municipal. A cidade também desenvolve um papel de pólo econômico na região em que está inserida, composta por outros 27 municípios menores que, juntos, formam o Alto Vale do Itajaí.

 

O espaço é mantido pela Universidade para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí (Unidavi) e sua programação é gerenciada pelo Centro de Pesquisa e Produção de Teatro de Animação (CPPTA), entidade que possui seus projetos e ações assessorados pela Genuí. E são nestas conexões de ideias, pessoas e instituições que acreditamos estar a chave para soluções criativas e audaciosas, entendendo a cidade como um grande painel de possibilidades para inovar e transformar.

 

Programação e premiações

Em 2010 o projeto também foi reconhecido pelo Ministério da Cultura, por meio do Prêmio Procultura de Estímulo ao Circo, Dança e Teatro. A programação do Teatro Embaixo da Ponte é uma união de esforços dos artistas locais, coletivos o do próprio CPPTA que, por sua vez, propõe projetos e firma parcerias para garantir a periodicidade das atividades. Recentemente, em agosto deste ano, o projeto Embaixo da Ponte Tem Teatro foi contemplado no Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à cultura (Governo de Santa Catarina) e receberá recursos para promover 16 apresentações teatrais nacionais e internacionais em 2018, com entrada gratuita e com interpretação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

 

Entorno singular

Ir para baixo da ponte é um programa social muito convidativo em Rio do Sul. Ainda mais que o Teatro Embaixo da Ponte faz parte do complexo do Parque Universitário Norberto Frahm - Unidavi, que abriga outros equipamentos e facilidades como o Museu da Madeira, Horto Florestal, Laboratório de Inovação e Negócios, um segundo auditório para 600 pessoas, amplo estacionamento e espaços ao ar livre para passeios e piqueniques.

 

“Estávamos embaixo de uma ponte,

e estávamos, no lugar mais nobre da cidade”.

- Luis Fernando Verissimo, em O Globo, dia 17/09/2015.

 

 

 

Compartilhar
Please reload

Em Destaque

O que você não espera encontrar embaixo de uma ponte.

21.8.2017

1/4
Please reload

Recentes