Dez dores de cabeça que a sua empresa não precisa ter enquanto muda o mundo

06.02.2018

 

Contas a pagar, clientes a prospectar, garantir a qualidade, melhorar os processos, gerir o pessoal, manter ou expandir os negócios. Paralelo a estas e outras demandas, como atuar na contribuição social e no desenvolvimento humano? Muitos projetos sociais não saem do papel porque as empresas não encontram estas respostas. E por que depois destas, sempre aparecem outras perguntas. A gente listou as dez dores de cabeça mais comuns e por que com a Genuí elas não precisam existir.

 

1. Acreditar que isto não implica na produtividade da sua empresa

Muitas empresas pensam que a contribuição social em nada implica na sua produtividade. Mas isso não é verdade. Pesquisas recentes demonstraram que colaboradores desempenham melhor suas funções ao saberem que seu desempenho na empresa proporciona contribuição social. E isso não para aqui, outros estudos também apontam uma tendência nos consumidores a comprarem produtos e serviços de empresas com comprometimento social.

 

2. Não ter tempo

Imaginar que a demanda do dia-a-dia não comporta espaço para mais uma ação que não esteja voltada às rotinas já estabelecidas é um mito. Na verdade, com o planejamento certo em pouco implica ter projetos sociais sendo desenvolvidos.

 

3. Não ter pessoal

Essa dor de cabeça não precisa existir, pois a Genuí trabalha especificamente para te apoiar na elaboração e execução dos seus projetos.

 

4. Não saber por onde começar

5. Depois de começar não saber como continuar

Essas dores de cabeça são reais. Pois as expertises na área é que podem te mostrar quais são os melhores passos para que o seu propósito social saia do papel. E é por isso que estamos aqui.

 

6.Não saber em qual projeto investir

Mesmo que você encontre tempo e pessoal, será que saberá qual o local mais seguro e assertivo para destinar ou investir seus recursos? Uma análise dos propósitos sociais que reflitam sua marca na sociedade é fundamental.

 

7.Achar que os projetos não alcançarão seus objetivos

Isso não deveria ser uma dor de cabeça, mas ela é muito frequente quando a atuação social não possui formas de controle e gestão adequados.

 

8. Ter dúvida do impacto para a marca

Ao criar um projeto social você também pode criar um problema. Mas isso só acontece quando não existe uma análise das temáticas e dos processos adotados na execução dos projetos. Por outro lado, se feito da forma correta, o impacto só será positivo.

 

9. Pensar que a empresa precisará ter uma ligação com uma instituição filantrópica

Esta ligação pode ser bem-vinda, mas não é obrigatória. A sua empresa tem autonomia para investir em projetos e ações de valor, alinhadas ao DNA da sua marca, sem a necessidade de estabelecer vínculos com instituições específicas.

 

10. Não conseguir mensurar o resultado

Pode ser desestimulante investir recursos e energia e não saber exatamente o alcance das ações. Após o trabalho feito, a Genuí terá prazer em te apresentar através de gráficos os motivos para você continuar investindo em atuação social por que esse é o nosso negócio.

 

Por isso a Genuí quer estar ao seu lado: enquanto você cuida da sua empresa, nós cuidamos de como ela cuida do mundo. Conheça nossa forma de trabalhar.

Compartilhar
Please reload

Em Destaque

O que você não espera encontrar embaixo de uma ponte.

21.8.2017

1/4
Please reload

Recentes
Please reload

Assuntos
Please reload

Arquivo
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon