Como surgiu o Marketing Cultural e como ele pode ajudar a sua empresa a projetar a sua marca.

10.07.2017

Da segunda metade da década de 90 até aqui, o número de empresas que passou a investir em Cultura se multiplicou. Esse movimento começou em 1986, quando foi criada a Lei Federal 7.505 (Lei Sarney), permitindo que os incentivos fiscais financiassem parte dos projetos culturais. As empresas que investiam em Cultura tinham impostos reduzidos.

 

Quatro anos depois, o Governo Collor suprimiu a Lei Sarney e, em 1991, criou a Lei Rouanet (Lei 8.313), que vem sem sendo aperfeiçoada até então. Em 1993 surgiu a Lei do Audiovisual, que intensificou investimentos em cultura, sendo responsável pelo "renascimento" do cinema brasileiro. A partir daí, alguns estados e municípios também criaram leis para destinar parte de suas receitas a projetos culturais.


 

Desde então, as empresas  começaram a realizar essa prática. Algumas visam apenas reduzir impostos. Outras, descobrem benefícios muito mais vantajosos nesses patrocínios.

 

- Deduzir até 100% do valor investido em projetos.

 

- Inserir e fortalecer a marca no meio social, através de eventos e ações que atinjam diretamente a comunidade.

 

- Melhorar a imagem da marca já que investir nesses projetos é bem visto pelo público.

 

- Distribuir até 10% dos produtos originados pelos projetos (livros, CDs, ingressos, etc...) entre clientes e fornecedores da empresa.

 

- Acompanhar de perto a aplicação de recursos que seriam direcionados aos cofres públicos.

 

Mas ainda estamos aquém do potencial que é possível explorar com esses mecanismos. Por falta de entendimento do processo, ainda são poucas as empresas que destinam parte de seus impostos para projetos culturais. E a maior parte das que já realiza essa prática, não sabe como conectar esses projetos aos valores de suas marcas.

 

Descubra como possível explorar ao máximo todos esses benefícios. Clique aqui.

 Foto: Avel Chuklanov

 

Compartilhar
Please reload

Em Destaque

O que você não espera encontrar embaixo de uma ponte.

21.8.2017

1/4
Please reload

Recentes
Please reload